segunda-feira, março 19

Tentei ser uma GameGirl


Eu tentei, juro! Tentei ser uma game girl rss
E cheguei a triste conclusão, não tenho perfil, não tenho paciência, talvez não tenho tido sorte rs Talvez um dia quem sabe rss mas posso dizer EU TENTEI rs

Baixei o game Second Life e o Priston (falo desse games no artigo As Super Poderosas dos Games: a comunicação feminina na cibercultura e na minha dissertação.

O que eu achei dos games:
No game Priston esse é o meu avatar, iniciamente só posso escolher a cor do cabelo e o corte, entrei com a personagem sacerdotisa e com o meu guia um "mala" esse dragão verde que fala o tempo todo rs.
Meu "gatinho" subiu de nível essa semana agora é um X9 (teve festa e vários posts no fórum do clã dele) e isto significa que ficou muitas horas jogando. Bem, ele foi minha fonte de consulta para escrever os artigos... Tadinho ele tentou me incentivar (claro a esperança dele era que eu gostasse, assim brigaria menos). rs.

Essa sou "eu" de Sacer (como chamam a personagem sacerdotisa no game) procurando a floresta rss

O Priston Tale é um jogo online criado pela Yedang Online, lançado no Brasil pela Kaizen. É um jogo do tipo MMORPG (Vários jogadores online ao mesmo tempo).

Os modos de câmera são 100% livres permitem uma verdadeira experiência em 3 dimensões, aproximando o jogador cada vez mais da aventura.

Essa parte é legal... tem close... temos o controle geral do personagem.
A socialização no jogo para quem é iniciante é traumautica rsss.

Como iniciante, acho que levei esse azar, ninguém me deu bola rsss pois, sou fraca, não tenho poderes, experiência e não tenho mercadorias para vender... enfim precisaria de muitas horas de jogo para evoluir e ser convidada para um Clã (grupo de pessoas que se juntam, possuem fórum de discussão, uns super profissionais com logo marca e tudo! E que saem do virtual e se encontram no mundo real, é verdade! vi as fotos dos encontros no fórum. Achei bem legal isso, claro que dá para escrever um outro artigo, aiiii não tenho paciência pra chegar nesse nível).

O que gostei mesmo foi de ir para a floresta "matar" os coelhos maus e os cogumelos que sempre deixam cair ouro e varinhas com poder, pois só assim conseguimos evoluir e na cidade é feita a troca (compra e venda) das mercadorias adquiridas na floresta, mas não cheguei a esse nível rss. Fui rejeitada :-(

Mas eu tentei... rsss o outro jogo bem diferente e está + famoso atualmente é ...

O Second Life é um ambiente virtual em que avatares - representações visuais de usuários ou “habitantes” - podem interagir. (eu tentei, mas não houve muito espaço rs os iniciantes não tem chance rss ). É um simulador da vida real ou também um MMOSG, em um mundo virtual totalmente 3D. Além de interagir com jogadores de todo o mundo em tempo real, é possível criar seus próprios objetos, negócios e até mesmo personalizar completamente seu avatar (não consegui chegar nessa fase... rs)

Como iniciante também frustei rss pontos positivo é que se pode voar rsss mas não consegui interação... conversei com poucas pessoas, que estavam tão perdidas como eu... o esquema é entrar com grupos, ou seja, pessoas conhecidas para ter graça...

Como não encontrei ninguém conhecido (não achei os brasileiros, lá)

Foi muito chato... eu sou essa de costa (não consegui virar minha personagem (no Priston o movimento das câmeras é bem melhor) no meio desse evento.



O que foi mais emoção? Eu gostei de "matar" os coelhos e os cogumelos maus rsss
Acho que tenho um instinto selvagem rsss
Desejo sorte para quem se aventurar nesses games, pois eu não tive.

Dizem que o segredo é a paciência rss coisa que não tive. Quem tiver outra dica, please! me avise dos segredos rsss

Boa semana!

Bjocas e até mais, Ale.

2 comentários:

Adriana Amaral (Lady A.) disse...

ta muito boa essa tua narração da aventura no mundo dos games...rs
parabens..vou la cheia de pressa. bjocs

Aletéia disse...

hehe inspiração rsss