quinta-feira, março 15

JEANS RECICLADO = garrafas PET


Rhodia, Santista e M. Officer criam o índigo ecológico e iniciam terceira onda do setor.
Trata-se do resultado de uma parceria de três grandalhões da indústria têxtil.

A Rhodia-ster, braço do gigante químico francês Rhone-Poulenc, desenvolveu uma fibra de poliéster feita inteiramente de material reciclado, no caso PET, o plástico utilizado nas garrafas de refrigerantes. Já a Santista, uma das seis maiores fabricantes de jeans do mundo, recolhe retalhos de tecidos de algodão para produzir fios.

O jeans é fabricado a partir da mistura dos produtos das duas empresas.
A terceira perna do tripé é a M.Officer, uma das mais importantes grifes de moda jovem do País. Cabe a ela desenhar, confeccionar e fixar sua etiqueta nas calças e jaquetas da coleção.

O custo é praticamente o mesmo do índigo tradicional e pode baixar ainda mais com o aumento da produção. Outras empresas já seguem o mesmo caminho.

A Staroup também colocará em breve no mercado seu tecido politicamente correto. Em seu caso, porém, trata-se de 100% de algodão não inteiramente reciclado.

“Em alguns anos, o jeans ecológico dominará o mercado”, afirma Luiz Ricardo Pegorin, gerente de marketing da Santista Têxtil. “De um lado, há pressão da sociedade. Por outro, necessidade econômica de racionalização no uso de recursos naturais.”


O que me chamou a atenção é que essa matéria foi publicade em 22 de junho de 2001, ou seja, quase 6 anos atrás... e ainda continuamos com problema de aquecimento global, miséria, violência.... quando o Brasil e o mundo vão mudar?!

Bjocas e até mais, Ale

Nenhum comentário: