segunda-feira, março 29

Ranking dos Anunciantes brasileiros em 2009


Conheça os 30 maiores anunciantes do Brasil em 2009
Procter & Gamble (152%), Danone (139%) e TIM (95%) foram as empresa que mais aumentaram sua presença na mídia
Rede varejista se mantém na liderança e é considerada o maior anunciante do Brasil
Hyndai Caoa (em 5º), Hypermarcas (em 8º) e TIM (em 9º) são as novidades no seleto grupo dos dez maiores anunciantes brasileiros, em ranking que mantém as lideranças de Casas Bahia (1º) e Unilever (2º). Os números do fechamento de 2009 foram divulgados  pelo Ibope Monitor, e levam em conta o investimento em compra de mídia em oito meios:
 TV aberta (37 mercados), revista, jornal, rádio, outdoor, TV por assinatura, cinema e internet.

O ranking não considera os descontos normalmente negociados entre as partes, computando os valores expressos nas tabelas dos veículos de comunicação. O Ibope Monitor tem por critério valorar todo e qualquer espaço ocupado, seja ele gratuito ou não.
Não são consideradas as campanhas de anunciantes inseridas em veículos do próprio grupo empresarial - o que é considerado mídia interna. Também são desconsiderados anunciantes governamentais cujas verbas são destinadas a campanhas públicas.

Na comparação com 2008, as empresas que mais aumentaram sua presença na mídia foram Procter & Gamble (152%), Danone (139%), TIM (95%), Hyndai Caoa (65%), Cervejaria Petrópolis (59%), Hypermarcas (43%), Ambev (34%), Caixa Econômica Federal (32%) e Coca-Cola (32%).

Por outro lado, os anunciantes que mais diminuíram seus investimentos em compra de mídia em 2009 foram Ford (-19%), Banco do Brasil (-16%), Vivo (-15%) e Colgate Palmolive (-11%).
Veja, a seguir, a lista das 30 empresas anunciantes que mais compraram mídia no Brasil em 2009, com os valores de investimentos (em R$) reportados pelo ranking do Ibope Monitor:

1º Casas Bahia - 3.059.239.000
2º Unilever - 1.941.632.000
3º Ambev - 914.580.000
4º Caixa Econômica Federal - 847.500.000
5º Hyundai Caoa - 744.504.000
6º Fiat - 737.947.000
7º Bradesco - 735.412.000
8º Hypermarcas - 682.147.000
9º TIM - 577.903.000
10º Ford - 557.021.000
11º Petrobras - 546.736.000
12º GM - 508.018.000
13º Coca-Cola - 492.906.000
14º Volkswagen - 485.956.000
15º Danone - 464.430.000
16º Reckitt Benckiser - 460.429.000
17º Vivo - 456.328.000
18º Claro - 452.736.000
19º Colgate Palmolive - 431.011.000
20º Grupo Pão de Açúcar - 421.425.000
21º Itaú - 415.494.000
22º Cervejaria Petrópolis - 397.799.000
23º Ponto Frio - 392.181.000
24º Procter & Gamble - 372.654.000
25º Peugeot Citroën - 368.288.000
26º Insinuante - 361.277.000
27º Banco do Brasil - 333.711.000
28º Avon - 301.548.000
29º Ricardo Eletro - 300.236.000
30º Supermercado Guanabara - 289.206.000

Fonte: Ibope Monitor.
 
Bjks Ale

Nenhum comentário: