sexta-feira, março 12

Avatar na moda e na vida...

Sexta feira ehehheheheheh ela chegou...
aqui com sol e céu azul...
Li este artigo no Fashion Bubble e adorei!

Imagem do TecheBlog

O filme Avatar escrito e dirigido por James Cameron, nos traz referências mitológicas, culturais e tecnológicas e nos instiga a refletir sobre seu impacto em áreas como entretenimento (tecnologia 3D), tendência na moda e comportamento, retorno a questões espirituais e responsabilidade ambiental.
O conceito Avatar é antigo e tem referências nos textos hindus que descrevem Krishna dentre outras divindades como avatar de Vishnu, adorado por muitos hindus como um Deus. Avatar, derivado do sânscristo Avatãra – é mais do que encarnação divina, pois transcende o corpo físico evocando imortalidade.
O termo Avatar nos meios de comunicação e no universo da informática foi usado pela primeira vez na década de 80 para descrever figuras criadas à imagem e semelhança do usuário como forma de personalização nos programas de computadores e jogos virtuais. Hoje, o conceito Avatar extrapola o espiritual e as personalizações no mundo de informática para expressão de nossas fantasias no mundo virtual, quando nos incorporamos em uma entidade virtual.
O boom tecnológico aproximou nosso mundo real da ficção e conseguimos simular muito do que Isaac Asimov nos predizia. No mundo virtual é possível criar um ou vários avatares sem precisar ser psicótico e cindir-se do mundo real. Nas salas de bate-papo todos podemos nos mostrar mais fortes, mais novos, mais inteligentes, sensíveis e sedutores encobrindo nossas vergonhas, timidez, medos etc. O Second Life foi uma tentativa de criar um mundo paralelo virtual, entretanto buscando ser fiel ao mundo real.
O filme Avatar foi além da proposta de entretenimento, uma vez que não poupou recursos financeiros e tecnológicos e conseguiu sumarizar um sentimento coletivo de alerta para os riscos de destruição do planeta e possibilidade de salvá-lo com as mesmas ferramentas.

Jean Paul Gaultier apresentou sua coleção Couture Primavera de 2010 inspirada no México, nos astecas, e no filme Avatar – Veja outras imagens no Comunidade Moda.

O Avatar na moda é percebido nas tendências para primavera-verão 2011 e refletem os anseios do natural-artificial na criação de estampas étnicas e tribais, com motivos orgânicos e naturais, aplicação de resinas, madeira, acrílico, contas, padronagens geométricas evocando a cultura de povos e tribos de diversas localidades. Ou seja, na moda, não pode ser diferente, pois é o maior veículo de comunicação verbal e não verbal. O Avatar na moda é a leitura e comunicação do natural artificial. Não é mais concebido matar jacarés ou onças para produção de sapatos, bolsas, etc, entretanto a tecnologia têxtil nos permitiu não somente criar tecidos e texturas alternativas, mas ir além do processo de criação e produção – onça azul, crocodilos rosas. Na moda atualmente testemunhamos o ponto de vista estético e de estilo onde se pode tudo, entretanto há um apelo para que a indústria seja politicamente correta em respostas aos anseios individuais e coletivos de ética, respeito, inclusão, etc.


(...)

Leia o artigo completo Avatar na Moda e na Vida (675 words)

bjkss




Nenhum comentário: