terça-feira, junho 23

Moda e sustentabilidade

Moda e decoração com 3 Rs
Curitiba ganha a primeira loja sustentável de moda e decoração do país. Nela, produtos, fachada e até as luzes estão de bem com a natureza

Publicado em 21/06/2009 Larissa Jedyn - larissa@gazetadopovo.com.br

O que uma loja precisa para ser sustentável? Pois bem, sua estrutura tem de estar de acordo com as normas de aproveitamento dos recursos naturais, não agredir o meio ambiente nem desperdiçar material.
O que vai lá dentro também tem de estar com a ficha limpa e o selo verde estampado.
A Joyfull, que abre em Curitiba hoje dia 23, preencheu os requisitos e se torna a primeira loja de moda e decoração ecológica de todo o país.
Mais de um ano se passou entre ideia, conceituação e realização do projeto que teve consultoria do Senai para as áreas de moda, sustentabilidade e marketing, depois de ter sido aprovado no Edital Senai de Inovação, em 2007.
Os resultados podem ser vistos em cada canto da loja. Da iluminação interna – em que uma luminária capta a luz do sol por meio de um duto espelhado, que conduz a luz para o interior da loja –, à fachada e decoração feitas com madeira de demolição, pisos certificados e desenvolvidos a partir de resíduos. Os produtos colocados à venda usam materiais ecologicamente ou socialmente corretos, como fibras, raízes, árvores tombadas e resíduos.
“Do que temos conhecimento esta é a primeira loja sustentável que agrega moda e decoração. Chamamos parceiros para decorar a loja e de quebra, seus objetos estarão à venda. Até a luminária ‘verde’”, diz o proprietário Adilson Filipaki, que tem como sócias na loja a irmã Edilaine e Mirtes de Oliveira.
As peças da primeira coleção outono/inverno da Joyfull têm como base algodão orgânico e tencel (fibra de viscose ecológica), tingidas naturalmente com corantes provenientes de folhas, frutos, cascas de árvore, raízes e serragem de madeira.
A linha exclusiva de jóias sustentáveis é assinada pelo designer Rodrigo Alarcon, e as luminárias são da artista plástica Yara Martins.
Para a inauguração, uma surpresa.
Quem for à Joyfull no dia 23 será convidado a plantar seus convites.
É isso mesmo. Com as mesmas características de um papel reciclado artesanal, o papel 100% ecológico carrega pequenas sementes e depois de 15 dias em terra fértil e um pouco de água vira uma flor. Para saber mais, acesse o site http://papelsemente.com.br/
Serviço
Joyfull: Rua Padre Germano Mayer, 1.980, fone (41)3079-3989.
De segunda a sexta, das 10 às 19 horas, e sábado, das 10 às 16 horas.
bjks Ale

Nenhum comentário: