quinta-feira, janeiro 28

Como impressionar em uma almoço de negócios

As nove coisas que todo profissional deve saber para impressionar em um almoço de negócios



Já se foi o tempo em que um homem de garbo e elegância tinha aulas de boas maneiras. Essa prática foi abandonada juntamente com a roupa de marinheiro para crianças, mas as regras de etiqueta não mudaram muito nesses anos todo e se você falhar redondamente em algumas delas, especialmente em almoços profissionais, pode por não só negociações a perder como também sua imagem frente a empresa.

A consultora de imagem pessoal Lilian Riskalla separou algumas regras básicas que todo macho elegante deve saber para fazer bonito frente a clientes, fornecedores e, principalmente, chefia.


1) A escolha do local quando você é o anfitrião
A arte não é só ligar e convidar a pessoa para almoçar. E a regra número um é escolher um lugar perto de onde seu convidado esteja e principalmente, um restaurante que você já conheça. E bem. Assim não corre o risco de errar nos pratos. Também é de bom tom perguntar ao seu convidado o que ele prefere comer.


2) O anfitrião é que dá as cartas, mas o convidado é o rei
Chegue sempre antes, no mínimo, dez minutos e aguarde. Se o restaurante não tiver um bar, espere à mesa, sem comer ou beber nada e sem mexer no guardanapo. Quando a outra pessoa chegar, levante-se para cumprimentá-la e comece oferecendo uma bebida. Você tem que sempre reservar o melhor lugar da mesa a ela, com vistas para salão. Seu convidado deve ter a total liberdade de pedir o que quiser, mas um jeito muito bom para deixá-lo à vontade é indicar algum prato da faixa mais cara do cardápio. Lembre-se que é você quem faz os pedidos ao garçom. Se o seu prato chegar antes que o do convidado, espere. Se o prato dele chegar antes que o seu, indique que ele pode começar a comer. E na hora da conta, é você quem paga. Mesmo se for mulher.


3) Quando você é o convidado, seja magnânimo
Se chegar antes que o anfitrião, espere sem comer ou beber. Sempre peça o básico no cardápio a não ser que a pessoa que lhe convidou indique uma entrada ou uma sobremesa ao final. Nunca peça nem o prato mais caro, nem o mais barato do cardápio para não ficar com fama de abusado ou sem requinte. Também não fica nada bem você demorar demais para escolher o seu prato.


4) O couvert é seu e ninguém tasca
Aqui reside um dos erros mais banais no almoço: o pão e a manteiga. Os dois devem ser colocados no seu prato, para depois você devorá-los. E parta o pão com as mãos. Nada de cortar um pedaço e voltar para a cestinha.


5) O que pode ser comido com as mãos e o que não pode
Se tiver um jantar com coxas de frango e rabada e torta mil folhas de sobremesa, você tem vontade de cortar os pulsos? Pois bem, a regra é simples: frango e carnes são cortados e comidos com garfo e faca. Para batatas, a não ser que sejam chips ou fritas acompanhando um sanduíche, não se põe a mão. Já as azeitonas, se forem aperitivo, podem ser comidas e descartadas (no prato) com as mãos (na hora de tirar o caroço da boca, por favor, faça uma conchinha para esconder o espetáculo). Se as azeitonas, porém, estiverem acompanhando uma salada ou prato, devem ser comidas e descartadas com o garfo.


6) Usando ferramentas
Caso sua mãe não tenha te contado isso quando você era criança, nós fazemos o favor: usam-se os talheres de fora para dentro, ou seja, primeiramente os que estão mais afastados do prato. Ao terminar de comer, disponha os talheres paralelamente no prato. O guardanapo fica no seu colo (a menos que você se chame Homer Simpsom, nunca ponha no colarinho). Se você precisa se retirar da mesa momentaneamente, deve dispor seu guardanapo na cadeira ou à esquerda de se prato. Ao acabar a refeição, depois que todos os pratos foram retirados, coloque o guardanapo, sem dobrar, à direita de seu prato.


7) Em caso de acidentes, não quebre o vidro
"Essas coisas acontecem", você pode pensar quando caiu comida ou bebida na sua roupa. Sim, mas não faça alarde disso. Peça um auxílio ao garçom, sem chamar muita atenção e sem ficar se auto-flagelando. Se tiver comida incomodando nos dentes, dirija-se ao toalete, nunca usando o palito de dentes na frente dos outros. E, em tempo, se o seu talher cair no chão, não pegue. Aguarde o garçom fazê-lo e substituí-lo.


8) Algumas regrinhas básicas para boa alimentação
Você achava que era lenda urbana, mas está enganado, porque não se corta as folhas de uma salada mesmo. Dobra-se com o auxílio de uma faca. O mesmo vale para macarrão. É proibido cortar, especialmente spaghetti. Tomates se cortam com o garfo. Lasanha também. Na sobremesa, bolos secos são cortados com o garfo. Para bolos com recheio, usa-se a colher.


9) Os sabotadores de imagem à mesa
Nunca discuta com o garçom ou maitre na frente de outras pessoas.
Nunca fique rodeando um Buffet ou tirando casquinha para provar se algo é bom. E não encha seu prato.
Nunca assopre. Se a comida estiver muito quente, espere.
Nunca palite os dentes. Nunca.
Nunca peça para provar o prato de outra pessoa. Você só faz isso com a sua família ou namorada.
Nunca ponha seus cotovelos na mesa, enquanto ainda houver pratos. Quando estes forem retirados, está liberado.
Nunca afaste seu prato depois de comer.
Nunca diga "estou cheio", "comi demais" ou "acho que vou explodir"
Nunca coloque objetos pessoais (chaves, celular, carteira, óculos etc.) sobre a mesa.
Nunca limpe seu prato com pão, mesmo que você seja italiano.
Nunca tome remédios na frente dos outros.
Nunca fique mexendo no cabelo ou rosto enquanto come. É anti-higiênico.
Evite tomar bebida alcoólica em um almoço de negócios. Se alguma for servida, porém, como vinho, não recuse e deixe no copo.

fonte: Especial para Terra

Dicas indispensáveis para o dia a dia...

bjks Ale

Nenhum comentário: